quarta-feira, julho 05, 2006

Nota praguejante sobre o inverno

A verdade é o seguinte. Não tenho absolutamente nada contra o frio.

Só pra situar, nasci e cresci numa cidade cuja temperatura máxima no verão facilmente beira os 45 graus, agravados com a total falta de vento que lá ocorre nessas épocas. Então, viver aqui, nesta cidade onde tudo é muito frio é de longe o paraíso pra mim, se não fossem outras coisas não relativas ao frio...

Enfim, o que mata é a secura do tempo!

Você aspira tudo que pode de manhã e parece que o seu nariz vai de despegar do seu rosto a qualquer segundo. Isso sem falar na poeira permanente. Nem sei como estou conseguindo respirar, como consegui respirar por esse tempo todo aqui.

Por enquanto é só isso. Quando estiver suficientemente bêbado escrevo algo mais interessante.

2 comentários:

Anônimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»

Anônimo disse...

I like it! Good job. Go on.
»