quinta-feira, agosto 16, 2007

Gênios Cibernéticos

Não há quem nunca deu com eles pelas fuças uma vez ou outra - pelo menos se você navega na internet por um número considerável de horas, como eu. Geralmente essa gente gosta muito de copiar e colar textos em todo o lugar por onde passa. Textos quilométricos, essa é a verdade. E quase sempre, senão sempre, intentam em xingar o Lula...

Certo que xingar presidente tem sido o esporte nacional desde a redemocratização, mas isso não se tornou um pouco ridículo? É certo que essa gente copiadora, coladora e xingadora em sua grande maioria não passa de indivíduos de classe média exercitando sua pequenez intelectual para o mundo. Já que agora ficou mais fácil divulgar asneiras por aí por que não colocá-los onde todo mundo possa ver? Quem quiser um exemplo disso vá a uma comunidade no Orkut chamada "Brasil". Uma das maiores do site, por sinal.

No meio, esse tipo de gente ganhou o apelido chique de flamer - como se algo escrito em inglês fosse mesmo chique -, aquele que gosta de escrever coisas só pra ver o pau quebrar. Sei que a maioria deles não passa de adolescentes desocupados, mas desde que recebi correio eletrônico de amigos meus com os mesmos textos começei a ficar com medo. Será que o mundo classe média do Brasil é tão estúpido assim pra se contentar com um monte de besteiras sem fundamento ou prova só pelo prazer de xingar o Lula? Eu também tenho minhas críticas a ele, mas não fico colando e copiando coisas por aí. Prefiro ponderar e analizar caso a caso. Cacoete acadêmico...

Pra terminar, o que eu quero realmente dizer é que me deixa triste ver gente que tem um pouco mais de dinheiro e instrução que os outros sair falando merda por aí como se fosse a maior verdade da Terra. O mesmo povo que gastou uma boa grana com ingressos para a cerimônia de abertura do Pan-americano e tacou a vaiar o homem para o mundo todo. Como se vaias e xingamentos resolvessem algo...

Enfim, classe média brasileira com conexão banda larga e um pouco de grana pra gastar não consegue passar de mero "povinho" fazendo isso. Uma gente estúpida que nem os pobres muito menos os ricos de verdade dão importância. Apenas olham suas passeatas e protestos de camisas brancas contra a violência e por vôos na hora marcada pensando e rindo: "que povo idiota!"

Um comentário:

Tio Xavier™ disse...

Há ricos de muita grana e pedigree refinado. Há pobres e fodidos. Entre esse dois há uma miscelânia de gentalha de todo tipo. Inclusive emergentes endividados aos quais se convencionou chamar de classe média. Mas de um modo ou de outro todos têm o arbítrio de escolher seu papel no mundo. Ou seu "não-papel". Acabei de explicar os repetidores.