quarta-feira, janeiro 17, 2007

De pernilongos e olhos duros.

Bem, acabei de ver o episódio de 24 horas de hoje e deveria estar enveredando para o sono neste momento. Contudo, uma sorrateira insônia me pegou e estou agora com o computador ligado escrevendo qualquer coisa no blogue para passar o tempo uma vez que estou com a cabeça muito cheia pra ler, atividade clássica dos insones.

Não que a série seja capaz de afiar o estado de alerta das pessoas. Na verdade não passa de mais uma pastiche norte americano com um finíssimo verniz de seriedade. Em suma; agente anti-terrorista machão e másculo passa por cima de tudo para impedir que seu querido país seja atacado por terroristas canalhas e assassinos. Eis o enredo principal. Mais idiota impossível! Tão idiota que chega até a serem engraçadas as reviravoltas de última hora a que o roteiro se presta. Tudo forçando a barra a limites extremos...

De qualquer maneira o programa acabou e estou aqui...

No messenger acusam duas pessoas com quem eu poderia falar. Infelizmente não estou com muito assunto para conversar à uma e cinquenta da manhã. Quem sabe outro dia. Até porque eu deverei estar de pé daqui a mais ou menos quatro ou cinco horas. Tempo que descobri ser insuficiente para mim.

Dizem por aí que os insones sempre são os mais criativos. Talvez porque gente assim consiga pensar em mais besteiras enquanto o resto da humanidade está dormindo confortavelmente em suas camas. Balzac quase não dormia, Dostoiévisk não só passava muitas noites em claro como também as passava não raras vezes rodeado de putas e jogatina. Eu não estou rodeado de putas mas das minhas roupas sujas e minha cama desarrumada. Mesmo assim, posso dizer que estou em boa companhia pensando no caso deles.

E atravessando a noite de olhos pesados eu vou. Acompanhado de alguns pernilongos chatos que insistem em me rodear. Criaturas chatas que não compreendem a grandeza do processo criativo!... Bem, não que eu esteja criando algo que preste neste exato momento, mas ficar de olho numa tela de computador a esta hora é complicado. E os pernilongos! Parece que eles sabem quando você está querendo se concentrar e te picam com mais vontade ainda. Como que para te trazer para a realidade dizendo "vá dormir, seu idiota, que você não tem nada de bom para escrever". Que eu não tenho nada de bom eu já sei desde que começei isto. Mas e daí? Sei que só uns quatro ou cinco vão ler isto amanhã, se lerem. Não me importa muito.

Já são quase duas e vinte e acho que preciso terminar com isso. Vou tentar cochilar um pouco até o sol aparecer. Ainda bem que hoje não foi dia de insônia pesada. Mas ele sempre chega, mais dia menos dia. E quando isso acontecer, haverão textos sem tamanho por aqui.

Até.

3 comentários:

Ailton Junior disse...

Eu tb tenho isso de insonia!

Ah, e o super mario eh irmao do Luigi
ja foi corrigido
=)
brigado!

Daniel disse...

E cê tá prolífico nas madrugadas? Manda ver nas criações notívagas.
E eu estou exacerbando meu horário costumeiro de ir nanar... são quinze pras onze. Falou!

Anônimo disse...

ótimo o texto...se vc estiver sem sono, escreva e escreva muito, criatividade aflorada.

Beijocas
Mari